COMPARTILHAR

IPVA: Como funciona a isenção para pessoas com deficiência (PCD)

Dicas para economizar no pagamento do IPVA são importantes porque, pois geralmente, esse imposto nunca está sozinho.

Como são muitos os trâmites e tipos de impostos que precisamos pagar anualmente, saber como facilitar o processo ajuda bastante.

Portanto, continue lendo para saber mais!

Economizar no pagamento do IPVA: como fazer?

Separamos 5 dicas para te ajudar com isso, acompanhe logo abaixo:

1. Evite atrasos

Pode parecer simples, mas efetuar o pagamento do imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) na data correta é, sem dúvida alguma, a melhor maneira de evitar problemas financeiros e contratempos com as autoridades.

2. Opte pelo pagamento integral

O IPVA é um compromisso previsível, por isso é recomendável se preparar para esse desembolso. Juntar o valor necessário e efetuar o pagamento integral à vista garantirá que você fique livre de quaisquer encargos adicionais.

Parcelar o IPVA é uma alternativa para aqueles que estão com dificuldades financeiras. No entanto, se o seu objetivo é economizar, é melhor evitar essa opção.

3. Não utilize o cartão de crédito para quitar o IPVA

Estamos tratando de uma questão financeira. Desse modo, ao optar por pagar o IPVA com o cartão de crédito, você estará sujeito aos juros cobrados pelo banco. Isso não é vantajoso.

4. Verifique todas as informações no documento antes de realizar o pagamento

Infelizmente, há pessoas mal-intencionadas que se aproveitam dessa obrigação de pagamento e enviam documentos falsificados. 

Portanto, ao receber o documento em sua residência, certifique-se de que todas as informações estão corretas antes de efetuar o pagamento.

5. Planeje o pagamento ao longo do ano

Desenvolva o hábito de economizar uma quantia periodicamente para quitar o IPVA integralmente. Reserve um valor!

Bônus

Mais algumas dicas de bônus para você economizar no pagamento do IPVA:

6. Evite adquirir um automóvel no término do ano

Caso seja viável aguardar, tenha paciência! Afinal, algumas revendedoras oferecem o imposto IPVA como um “presente”. 

Portanto, realize pesquisas e aguarde até após o final do ano para concretizar a realização do seu tão desejado negócio automobilístico.

7. Evite dividir o pagamento do seu IPVA

Dividir o pagamento pode parecer uma alternativa viável quando você está com pouco dinheiro, mas se o objetivo é economizar, essa opção não é recomendada. 

Afinal, ao optar pelo parcelamento, você acaba arcando com encargos bancários adicionais que poderiam ser evitados se tivesse pago à vista.

8. Se optar pelo parcelamento, evite atrasos!

Você sabia que a taxa de acréscimo no IPVA aumenta em 0,33% por cada dia de atraso? O limite máximo é de 20% sobre o valor calculado com base no montante total do imposto. 

Afinal, além de perder dinheiro, é possível que o veículo seja retido pelas autoridades policiais durante uma abordagem.

9. Opte por um carro mais antigo

Portanto, quanto mais recente for o veículo, maior será o valor do imposto de IPVA a ser pago. Então, se você busca poupar dinheiro ao quitar o seu IPVA, opte por possuir um automóvel de idade avançada.

Gostou das nossas dicas sobre o Imposto de Veículos? Então acompanhe mais notícias na nossa página!